Hospital Universitário de Lagarto inicia operações utilizando tomógrafo
Foram investidos R$ 2,4 milhões para a aquisição do aparelho e a execução das adequações de infraestrutura para a instalação. - Foto: Ebserh

Hospital Universitário de Lagarto inicia operações utilizando tomógrafo

Equipamento proporcionará diagnósticos mais rápidos e precisos

O Hospital Universitário de Lagarto (HUL), da Universidade Federal de Sergipe começou a utilizar um tomógrafo para realizar exames em pacientes. O equipamento é considerado um dos mais avançados para diagnóstico por imagem e permitirá visualizar imagens em três dimensões, assegurando maior precisão e agilidade.

Para a aquisição do aparelho e execução das adequações da infraestrutura necessárias para a sua instalação, foram viabilizados R$ 2,4 milhões, recursos dos ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS), por meio do Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). A estrutura da tomografia do hospital conta também com sala de punção/preparação, sala de comando e sala para confecção de laudos e discussão de exames.

Paulo Secundo, médico radiologista e responsável técnico da unidade, afirmou que o equipamento será imprescindível também no cuidado dos pacientes acometidos pela Covid-19. “Com ele teremos diagnósticos mais rápidos e acurados, reduzindo a permanência dos pacientes no hospital e oportunizando um atendimento cada vez maior de usuários”, referiu.

Assistência, ensino e pesquisa
Para o superintendente do HUL, Manoel Cerqueira Neto, a chegada da tomografia marca um divisor de águas dentro do processo de cuidado, ensino e pesquisa da unidade hospitalar. “Agora teremos a oportunidade de uma maior abrangência no diagnóstico e terapêutica, como também no processo de aprendizagem dos alunos da UFS”, ressaltou.

“Com a chegada do equipamento, os pacientes não mais precisarão aguardar transferências para outras unidades de saúde para a realização do exame”, lembrou Érico de Pinho, gerente de Atenção à Saúde. “Com isso o HUL dá mais um passo importante na ampliação dos seus serviços e melhoria do cuidado aos usuários”, destacou.

Com informações da Ebserh

Fechar Menu